Regime didático do Mestrado e do Doutorado

O Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais é composto de um Mestrado e de um Doutorado, que têm por objetivo formar docentes, pesquisadores e profissionais de alto nível ligados ao campo das Relações Internacionais, destinados a atuarem no ensino superior, em instituições públicas e privadas, em empresas, em organismos internacionais e em organizações não-governamentais.

Mestrado

O Mestrado terá a duração mínima de 2 semestres letivos e máxima 5, incluindo a dissertação final do curso.

Para obter o diploma de Mestre, o aluno deverá satisfazer às seguintes exigências:
a) completar 28 créditos em disciplinas;
b) completar 5 créditos correspondentes à dissertação aprovada por uma Comissão Examinadora.

Até o final do primeiro semestre letivo, o aluno deverá indicar seu orientador à secretaria.

Até o final do segundo semestre, ou seja, ao final do primeiro ano de curso, o aluno apresentará seu projeto de dissertação perante uma banca examinadora.

A estrutura curricular se organiza em três grupos de disciplinas:

Grupo 1. Disciplinas obrigatórias (núcleo comum às duas Áreas de Concentração). É composto por 4 disciplinas, perfazendo 16 créditos:
Historiografia das Relações Internacionais (4 créditos)
Teoria das Relações Internacionais (4 créditos
Metodologia de Pesquisa em Relações Internacionais (4 créditos)
Seminário em Relações Internacionais (4 créditos)

Grupo 2. Disciplinas obrigatórias seletivas, das quais o aluno escolherá uma, perfazendo quatro créditos:
Relações Internacionais no Pós-Guerra Fria (4 créditos)
Política Internacional e Comparada (4 créditos)
Relações Internacionais do Brasil Pós-2a Guerra (4 créditos)
Relações Internacionais do Brasil do Império à Era Vargas (4 créditos)

Grupo 3. Disciplinas optativas, dentre as quais o aluno deve pelo menos escolher uma, de acordo com a área de concentração por ele optada, perfazendo quatro créditos.

Doutorado

Para obter o título de Doutor, o aluno deverá satisfazer às seguintes exigências:
a) completar 40 créditos em disciplinas;
b) ser aprovado em exame de qualificação;
c)apresentar tese que represente contribuição significativa para seu campo de estudos, defendê-la e tê-la aprovada por uma Comissão Examinadora.

O Doutorado terá a duração mínima de 4 e máxima 8 semestres letivos.

O Doutorado compreende um total de 80 créditos, sendo 40 em disciplinas e 40 correspondentes à tese de doutorado.

A estrutura curricular do Doutorado se organiza em dois grupos de disciplinas:

Grupo 1. Disciplinas Obrigatórias (núcleo comum às duas Áreas de Concentração), composto de 4 disciplinas, perfazendo 16 créditos:
Seminário Avançado em Historiografia das Relações Internacionais (4 créditos)
Seminário Avançado em Teoria das Relações Internacionais (4 créditos)
Seminário Avançado em Metodologia de Pesquisa em Relações Internacionais (4 créditos)
Seminário Avançado em Relações Internacionais (4 créditos)

Grupo 2. Disciplinas Optativas, das quais o aluno deverá escolher pelo menos duas, de acordo com a sua Área de Concentração, perfazendo 16 créditos:

Política Internacional e Comparada
Seminário Avançado VII em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado VIII em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado IX em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado X em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado XI em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado XII em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Prática Supervisionada em Ensino em Relações Internacionais (4 créditos)

História das Relações Internacionais
Seminário Avançado I em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado II m Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado III em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado IV em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado V em Estudos Dirigidos (8 créditos)
Seminário Avançado VI em Estudos Dirigidos (8 créditos)

São atribuídos a cada Seminário Avançado e 4 créditos à Prática Supervisionada em Ensino em Relações Internacionais.

Anúncios