Os parceiros do iREL-UnB

O Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília desenvolve muitas de suas suas atividades, como a promoção de seminários, conferências e palestras, em conjunto com outras prestigiadas instituições ligadas à área de Relações Internacionais e Política Exterior, do Brasil e de outros países, a saber:

Instituto Brasileiro de Relações Internacionais – IBRI – O IBRI é uma associação com finalidades culturais e sem fins lucrativos, tem a missão de promover a ampliação do debate acerca das relações internacionais contemporâneas e dos desafios da inserção internacional do Brasil. Fundado em 1954 no Rio de Janeiro, onde atuou por quase quarenta anos, e reestruturado e reconstituído em Brasília em 1993, o IBRI desempenha desde as suas origens um importante papel na difusão dos temas atinentes às relações internacionais e à política exterior do Brasil. O IBRI atua em colaboração com instituições culturais e acadêmicas brasileiras e estrangeiras, incentivando a realização de estudos e pesquisas, organizando foros de discussão e reflexão, promovendo atividades de formação e atualização para o grande público (conferências, seminários e cursos). O IBRI edita desde 1958 a Revista Brasileira de Política Internacional, que tem sido testemunha – e muitas vezes veículo preferencial – dos movimentos intelectuais e políticos que renovaram a ação internacional do Brasil, assumindo um papel de relevo na cultura política e acadêmica do país. Com o IBRI o iREL vem realizando desde a sua recente instalação em Brasília vários eventos nacionais e internacionais, como seminários, palestras e conferências.

Cooperação nacional e internacional

Acordo de Cooperação e Intercâmbio Acadêmico com a Universidade do Chile (Santiago, Chile), que objetiva o desenvolvimento de atividades de intercâmbio docente e estudantil, e de cooperação acadêmica, científica e tecnológica e cultural, coordenado pelos Profs. Nielsen de Paula Pires (IPOL) e Alcides Costa Vaz (IREL).

Convênio com a Universidade Católica Argentina (Buenos Aires, Argentina), por meio do qual, anualmente, ocorre pelo menos uma visita de professores de cada programa ao outro, no âmbito de atividades previamente programadas junto a disciplinas e séries de conferências, e o intercâmbio de estudantes de graduação;

Convênio com a Universidad Três de Febrero (Buenos Aires, Argentina), por meio do qual se processa o intercâmbio de professores que atuam em parceria nos programas de pós-graduação das duas universidades, especialmente na área de comércio internacional;

Convênio com a Universidad Nacional del Centro (Província de Buenos Aires, Argentina), por meio do qual se realiza o intercâmbio de professores que atuam em parceria nos programas de pós-graduação das duas universidades em Historiografia das Relações Internacionais para os alunos da Pós-Graduação;

Convênio com a Universidade de El Salvador (San Salvador, El Salvador), que envolve viagens periódicas de professores do programa com vistas a subsidiar a formação dos professores salvadoreños nesta área. Este convênio é apoiado pela Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e coordenado pelo Prof. Alcides Costa Vaz.

Convênio com o Instituto de Estudos Políticos de Paris (“Sciences Po” – Paris), que envolve o intercâmbrio de estudantes de graduação e pós-graduação, a realização de cursos conjuntos, e a definição de uma vasta agenda de pesquisa.

Anúncios